14 de junho de 2010

Deixar,











Aqui deixo as tristezas de tudo que sofri,
deixo minhas lágrimas perdidas na noite
deixo lembranças que vou esquecer,
deixo passado, deixo desgosto, deixo você!
Aqui repouso minha vida cansada,
meus olhos inchados, cadernos rasgados,
meus pensamentos e tudo que não vou lembrar.
não espere perdão, não espere resposta,
pois aqui deixo um pedaço de tudo que dividimos
pra você aguentar o peso sozinho, e sempre se lembrar
que jamais estarei do seu lado quando precisar,
agora aguente o fardo que eu carreguei,
e me deixe ir, pelo menos desta vez, me deixe...

Joice Inácio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe algumas palavras aqui: