3 de julho de 2010

Momentos.


Claro que a principio o que importa é ser feliz independente do modo que faça isso, mas e se não conseguir? ''tente outra vez'', muito fácil falar, mas na hora em que esta sangrando por dentro, com a alma ferida, o coração machucado, quando nada parece doer mais que aquilo, e você chega ao chão da forma mais bruta possível, vai pensar em tentar de novo?
Não, não estou aqui para dizer que não se deve tentar outra vez, apenas para esclarecer meu ponto de vista sobre isso, e que pra mim o momento é o que vai determinar quais serão os próximos passos, a razão vem depois, e é onde se concentra o arrependimento.
Momento ou destino?
Sinceramente prefiro acreditar que é momento, muitas pessoas dizem que nós criamos nosso próprio destino, então porque nos surpreendemos quando algo não planejado acontece? Outras pessoas dizem que nosso destino foi criado antes mesmo de nascermos, e eu não concordo com isso também.
Acredito que os momentos em nossa vida vão determinar o que vem depois, uma decisão certa, um passo errado, tudo isso é conseqüência, aproveitar o hoje, o agora, o instante, neste momento é o que importa.
E tanto faz se é destino ou momento, a alegria ou a dor é sempre a mesma.
Então tente tentar outra vez, fazendo com que cada momento seja eterno, e o resto como eu disse é conseqüência, assim como nos sonhos ou histórias, tudo passa, tudo se encera, e caberá a você fazer com que dure intensamente e eternamente na memória.

Joice Inácio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe algumas palavras aqui: