23 de fevereiro de 2011

Possibilidades,



Tudo que eu me recordo é que naquele instante, era outra pessoa.
Tudo que faço questão de não recordar, é que não era eu, e não seria nunca mais.
Não sentiria a firmeza da sua mão ao segurar a minha,
como se fosse impossível soltar.
Não veria mais aqueles olhos que penetravam fundo em meu olhar,
como se fosse possível desviar.
Não receberia mais aquelas carícias e mimos que você costumava fazer,
como se fosse impossível sem você.
Não sentiria, não lembraria de mais nada.
como se fosse possível esquecer...

Joice Inácio, 23 de Fevereiro de 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe algumas palavras aqui: