29 de março de 2011



A tristeza é a chave
Para o Baú de memórias doloridas
que se fingiam esquecidas
enquanto havia felicidade.

Joice Inácio, 29 de Março de 2011.

24 de março de 2011

Até encontrar.


Hoje a noite me inspira a escrever-te
tudo que o coração guaradava,
Dentro dos olhos ao se econtrarem
e timidamente desviarem.
Hoje preciso e direi, tudo que calei,
num sorriso ao canto da boca que o desejava.
Mas recuava por medo,
e silenciava os gritos da alma
procurando um beijo.

Joice Inácio, 22 de Setembro de 2010. 23h05.

Permito.


Posso sorrir, me permito ser feliz
também posso chorar, e isso eu já fiz.
Posso até não ser triste, mas me derramo no silêncio
Essas tardes são tão frias, às vezes me sinto tão sozinha
tenho medo, quero amor.
tenho amor, não quero medo.
Posso chorar, me permito não falar
também posso sorrir, e isso eu já fiz.

Joice Inácio, 22 de Setembro de 2010. 23h10

22 de março de 2011

Mais perto de amar...


Você pode dizer quanta vezes quiser que não irá mais tentar,
pode prometer quantas vezes puder, que não irá nunca mais amar,
ou pode até correr de medo, gritando que nunca mais irá tropeçar.

Pode também se esconder, sem avisar que nunca mais irá aparecer,
ou pode fingir que já é tarde, e não há mais tempo para crescer.
Pode jurar que ficará bem, e que essa foi a última vez,
pode prometer desfazer todas as promessas que fez.

E pode acreditar que tudo isso dará certo,
Só não pode se conter, quando outro aparecer,
E pode até prometer, mas sentirá aquele olhar, cada vez mais perto...
mais perto de amar...

Joice Inácio, 22 de Março de 2011.

18 de março de 2011

tão forte quanto ...


Desconheço se sou forte,
porque não me conheço,
mas não me esqueço do dia
em que força suficiente eu tinha...
para te enfraquecer!

Joice Inácio, 17 de Março de 2011.


"Um cigarro, outra droga qualquer, já que eu não tinha mais você ♪" (Hateen)

A unica coisa que lamento,
foi não ter olhado para trás.
Agora não sei se me amava o suficiente para chorar por mim.
Mas sei que não amou o bastante para me impedir.

Joice Inácio, 17de Março de 2011.