24 de março de 2011

Permito.


Posso sorrir, me permito ser feliz
também posso chorar, e isso eu já fiz.
Posso até não ser triste, mas me derramo no silêncio
Essas tardes são tão frias, às vezes me sinto tão sozinha
tenho medo, quero amor.
tenho amor, não quero medo.
Posso chorar, me permito não falar
também posso sorrir, e isso eu já fiz.

Joice Inácio, 22 de Setembro de 2010. 23h10

3 comentários:

  1. Ser feliz, chorar, viajar.... Solidão, as vezes é necessária.

    Vida, isso se chama vida!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. É verdade, é necessário passar por tudo nessa vida para poder dizer que realmente viveu.

    ResponderExcluir
  3. Olá minha querida!
    Passando para lhe desejar um bom final de semana!
    Beijos meus

    ResponderExcluir

Deixe algumas palavras aqui: