12 de outubro de 2011

Querida percepção


Querida dor que hoje se encontra cravada em meio peito, permita-me prosseguir além do eterno, pelo caminho das lágrimas que foram deixadas pra trás, enquanto a chuva se misturava com as gotas quentes que vazavam de mim, de dentro para fora, de fora para dentro, na triste e agonizante procura de alento, usando sinônimos substituíveis enquanto buscava o significado no trágico trajeto de uma jornada infeliz. 
Queridas palavras confusas, ensina-me a respeito de percepção, para que eu possa selecionar o que me resta, organizar minhas saudades e interpretar tudo que o meu coração transmite nesses caracteres que ei de decodificar um dia.

Joice Inácio, 12 de Outubro de 2011.

Um comentário:

  1. Mas creio que sem o caos, não encontramos resposta alguma

    ResponderExcluir

Deixe algumas palavras aqui: