8 de fevereiro de 2012

-


E com o tempo fui aprendendo a trocar palavras como: "sempre", "nunca" e "eu te amo",
por outras mais verdadeiras como: "deixa ser" e "eu gosto de te ter ao meu lado".
Não tão fortes e até com o mesmo significado, 
porém com uma dose maior de realidade e uma menor de dor. 

Joice Inácio, 08 de Fevereiro de 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe algumas palavras aqui: